Celular e segurança de mulheres na pandemia [Pesquisa IC 2020-2021]

Esta página busca divulgar materiais do projeto de Iniciação Científica realizado em 2020-2021 sobre uso e design de tecnologias digitais, em especial de smartphones, para auxiliar mulheres na denúncia situação de violência e em isolamento durante a pandemia de COVID-19.

Mulheres ✛ Pandemia  ✛ Tecnologia

Com a pandemia de COVID-19, a violência doméstica e contra a mulher se intensificou e assumiu outras facetas. Se a realização de denúncias por vítimas já é complexa, a pandemia introduziu novos contextos, como a necessidade de isolamento, quarentenas e distanciamento social, diminuição de postos presenciais para denúncia, diminuição de renda e insegurança financeira além de muitas preocupações e situações.

Tecnologias digitais, como smartphones, fazem parte deste cenário. Se por um lado, podem ser recursos valiosos para realizar denúncias e obter informações, de outro, também surgem novos problemas, de vigilância das vítimas por parte de agressores. O design opaco dessas tecnologias, seu acesso custoso e a forma desiguais como seus usos são socializados entre homens e mulheres, acabam recaindo como mais uma barreira para as sobreviventes de violência.

O que é esse projeto?

Esta pesquisa buscou estudar, de forma interdisciplinar, relações entre mulheres, pandemia e tecnologias digitais, para tentar oferecer constribuições possíveis, a partir do olhar de estudos críticos em Design de Interação e dos estudos sobre mulheres.

Trata-se de uma pesquisa de Iniciação Científica “Relações entre gênero e tecnologia: desenvolvimento de plataforma digital no auxílio do combate da COVID-19″ realizada como parte do projeto“Design de Interação, gênero e isolamento social: Projeto de plataforma digital de estratégias no combate à COVID-19″, com Bolsa da Fundação Araucária obtida pelo edital 2020-2021 do Programa Institucional de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Curitiba.

Abaixo, vídeo da apresentação da pesquisa no congresso SEMIC 2021:

Orientanda: Luana Bianca de Freitas
Professor-orientador: Rodrigo Freese Gonzatto

O que criamos no projeto?

São quatro princiais contribuições que tivemos como resultado:

  • 3 conjuntos de publicações para redes sociais (30 posts)
  • 56 ilustrações (Coleção de ilustrações “Quem tem medo do lobo mau?”)
  • 1 guia inicial de orientações para o design de tecnologias digitais
  • 3 linkografias (temas: mulheres e pandemia, violência contra a mulher)

 

Publicações para redes sociais

Foram criados 3 materiais informativos sobre Celular e Violência contra a mulher na Pandemia, cada um contendo 10 publicações já preparadas para publicação em redes sociais (como Facebook e Instagram) e comunicadores (como WhatsApp).

1. Celular vigiado não é sinal de amor!
[Acessar e fazer download das publicações]

 

2. Seu celular está sendo vigiado?
[Acessar e fazer download das publicações]

 

3. Como denunciar violência contra a mulher durante isolamento?
[Acessar e fazer download das publicações]

 

Abaixo, as principais referências utilizadas e citadas nessas publicações:

 

Coleção de ilustrações: Quem tem medo do lobo mal?

Coleção com 56 ilustrações isoladas, criadas para o projeto com a temática: “Quem tem medo do lobo mal?” e que podem ser usadas com licença CC-BY-SA. 

[Acessar e fazer download das ilustrações]

A história da chapeuzinho vermelho foi uma alegoria escolhida para trabalhar o tema da violência doméstica e contra a mulher. O vermelho e o preto se destacam na paleta de cores das ilustrações em aquarela. Todas as ilustrações foram concebidas e desenvolvidas pela artista Luana Bianca para este projeto.

 

Guia de orientações para o design de tecnologias digitais

Elaboramos um Guia inicial de Orientações de design para celulares visando segurança de mulheres em denúncias durante isolamento (como a pandemia de COVID-19).

[Acessar o Guia de orientações iniciais]

Este guia é resultado de nossa pesquisa sobre a temática de Mulheres x Pandemia x Tecnologias e contém indicações de Design de Interação e Interação Humano-Computador para designers, projetistas e desenvolvedoras/es para adequar dispositivos e aplicações para contribuir com a segurança e autonomia de mulheres em situação de violência e vigilância.

 

Linkografias para pesquisa

Durante este projeto reunímos muitas referências de links para materiais com dados e informações sobre a situação de Mulheres, seja de Violência contra e Mulher e a sua intersecções durante a pandemia de COVID-19. Caso este material pode ser útil, compartilhamos o acesso a lista das linkografias:

[Acessar documento com as linkografias]

 

Contato & Envio de materiais

Quer contribuir com esse projeto? Entre em contato direto conosco:

 

Agradecimentos

Agradecemos a bolsa da Fundação Araucária e a PUCPR pela aprovação do projeto no EDITAL 19/2020 de Iniciação Científica, que viabilizaram esse projeto.

Também agradecemos as pessoas que ajudaram este projeto, com revisões, sugestões e contribuições:

  • Sara Campagnaro
  • Bibiana Serpa
  • Íris de Carvalho
  • Edla Eggert
  • Silvana Vaillões
  • Gláucio Moro
  • Taisa Vieira Sena
  • Gabriela Unger Unruh
  • Carlos Roberto Romaniello
  • Bruna Reganhan Figênio
  • Alessandra Wormsbecker
  • Miguel Luz
  • Matheus Jakubiak
  • Vitoria Ribeiro Soares da Rocha
  • Renan Simermann

 

Licenciamento

Para fins gerais, a licença de todos os materiais desenvolvimentos neste projeto é CC-BY-SA Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License. Porém, organizações, coletivos, grupos e ativistas feministas e de luta dos direitos de mulheres, estão pré-autorizadas a utilizar recursos derivados das ilustrações como CC-BY, ou seja, sem necessidade de licença CompartilhaIgual (Share-Alike). Se necessário, entrar em contato direto para autorizações formais.

Creative Commons License